Saiba como estruturar os processos da sua organização

22/01/2018

Definir a cadeia de valor do negócio é o primeiro passo

Hoje, daremos início a uma série de conteúdos sobre a importância da estruturação de processos de uma organização. Vamos começar?
De acordo com as boas práticas de gestão, a estruturação de processos compreende quatro etapas:

  1. estruturação da cadeia de valor;
  2. desdobramento da cadeia de valor;
  3. avaliação da maturidade de processos;
  4. priorização dos processos.

Para dar início à série, abordaremos o tema “Estruturação da cadeia de valor”.

Processos são um conjunto de atividades inter-relacionadas ou interativas que transformam insumos (entradas) em produtos (saídas). Ou seja, é um conjunto de atividades preestabelecidas que, executadas em uma sequência determinada, conduzirão a um resultado esperado, o qual assegure o atendimento das necessidades e expectativas dos clientes e de outras partes interessadas.
 

Estruturação de processos dentro do MEG
A gestão de processos é de tal importância para o funcionamento da organização que, na 21ª edição do Modelo de Excelência da Gestão®, dedicamos um Fundamento da Excelência em Gestão para debater seu papel dentro das empresas.

O Fundamento “Orientação por Processos” trata de assuntos como a gestão por processos, incluindo sua modelagem, projeto, gerenciamento e análise da estrutura organizacional.

De acordo com este Fundamento, uma organização é um conjunto de processos que precisam ser entendidos de ponta a ponta e considerados na definição das estruturas: organizacional, de trabalho e de gestão. Os processos devem ser gerenciados visando à eficiência e à eficácia das atividades de forma a agregar valor para a empresa e as partes interessadas. Os resultados são consequência da boa gestão.

Estruturação de processos: cadeia de valor
A primeira etapa consiste em estruturar a cadeia de valor da organização, também chamada de cadeia de processos. Ela deve refletir a forma como a empresa organiza os seus diversos macroprocessos com o objetivo de criar valor para as partes interessadas e assegurar seu posicionamento estratégico atual.

Para construí-la, deve-se promover o entendimento básico do negócio e da organização por meio da identificação do fluxo de valor, das partes interessadas e das suas necessidades, da estrutura organizacional e dos objetivos estratégicos da empresa. Isso significa que a cadeia de valor deve estar refletida nas atividades diárias da empresa.

De acordo com os teóricos da administração Andy e Murrey, existem quatro tipos de processos que são comuns a qualquer tipo de organização, independentemente de seu porte ou setor, que agregam valor aos negócios, são eles:

  • inovação (pesquisa e desenvolvimento);
  • comercialização (marketing, vendas e pós-vendas);
  • manufatura (produção);
  • entrega (atendimento no local, na quantidade e no prazo certo).

Baseado nesta visão, entendemos que a cadeia de valor de uma empresa pode ser organizada de acordo com o diagrama abaixo. Neste modelo, os processos são estruturados em sistemas, que interagem entre si, captando insights do ambiente externo, com o objetivo final de atender às expectativas dos clientes.


Capacitação
Para saber mais sobre o tema, conheça o nosso curso “Estruturação e melhoria de processos”. A capacitação possibilita que os participantes direcionem suas atividades organizacionais de forma assertiva, desenvolvendo bases conceituais e a visão sistêmica necessárias para estruturar ou melhorar os processos dentro de uma empresa.

Turmas abertas para março, inscreva-se!

Loading
Comentários
Para escrever comentários, faça seu login ou conecte-se pelo Facebook ou Linkedin
Carregando... Loading
Carregando... Loading