Consciência ética dentro das organizações

25/05/2017

O papel fundamental da liderança em criar uma cultura corporativa ética

Há quase dois mil e quinhentos anos, os gregos empenharam-se em debater a ética e a moral.  Apesar de suas reflexões serem frutos de uma sociedade muito diferente da atual, seus conceitos ainda são aplicáveis ao complexo mundo contemporâneo. A palavra ética traduz a visão do certo e do errado e está relacionada à opção ou ao desejo de contribuir para uma sociedade justa. 
 
Ética nas organizações
 
No mundo corporativo de hoje, a velocidade dos negócios e a amplitude dos relacionamentos exigem uma permanente vigilância sobre o cumprimento dos princípios éticos contidos no conjunto de normas internas de uma empresa e todos que, de alguma forma, relacionam-se com ela. As corporações que não têm regras claras nem controle sobre a prática de fraudes e atos de corrupção estão fadadas a perder mercado e, quem sabe, a não sobreviver no mercado. 
 
As organizações são constantemente avaliadas e observadas pelos consumidores e clientes na hora de adquirir um produto ou serviço. O mercado está mais consciente e engajado e, por isso, busca organizações que ofereçam mais do que qualidade em seus produtos, o consumidor quer se identificar com a empresa por seus valores e princípios. 
 
Valores compartilhados
 
Preservar a reputação conquistada ao longo dos anos exige das empresas muito mais do que a criação de regras e departamentos de auditoria. É preciso consolidar seus valores e sua missão em um código de ética ou de conduta que possa orientar os colaboradores e explicitar a postura da companhia diante dos diferentes públicos com os quais interage. O código de ética deve refletir a cultura da organização e ser coerente com suas práticas. 
 
Liderança e ética
 
Para que a ética seja parte da cultura de uma empresa, seus líderes precisam personificar os valores organizacionais. Eles devem ser o exemplo de postura virtuosa e promover a transparência dentro da organização. 
Ao demonstrar coerência entre o discurso da organização e o comportamento de seus líderes, será mais fácil disseminar a consciência ética em toda a corporação. 
 
Ética empresarial x pessoal
 
A consciência ética desenvolve-se a partir do momento em que as pessoas agem eticamente não porque são estritamente vigiadas ou porque podem sofrer punições severas ao cometer alguma irregularidade e sim porque é a coisa correta a fazer.
 
As empresas têm, nesse sentido, um papel a cumprir na edificação de uma sociedade mais virtuosa. Elas devem ser núcleos de apreensão e disseminação das melhores práticas e da ética. A consciência e a firmeza de propósitos de seus gestores são fundamentais para atingir o progresso que precisa ser feito.
 
Para saber mais sobre consciência ética dentro das organizações, faça o download dos primeiros capítulos do livro “Ética Empresarial”, da FNQ: http://conteudo.fnq.org.br/livro-etica 
 
CEG 2017: Governança, Ética e Transparência
Como fortalecer a governança por meio de práticas éticas e transparentes também são temas do Congresso FNQ de Excelência em Gestão (CEG). O evento acontece no dia 27 de junho, em São Paulo. Clique aqui para mais informações.
 
Loading
Comentários
Para escrever comentários, faça seu login ou conecte-se pelo Facebook ou Linkedin
Carregando... Loading
Carregando... Loading